sábado, 2 de maio de 2009

#PaLaVrAs DiFiCeIs 5#

E a palavra difícil desta vez foge um pouco às outras já aqui expostas, já que esta é mais fácil de ser pronunciada mas está em igualdade de dificuldade em ser usada.
POR FAVOR.
Por favor
está em desuso, já ninguém quer saber, ninguém se importa, ninguém se quer lembrar. Vai caindo no esquecimento, deixa de abrir portas, ou abre a custo, não provoca bem-estar, nem um sorriso.
Por favor não se aprende em casa, e na escola é quase que “tirado” a ferros, porque não é “cool”, não está na moda e nem é “fixe” dizer.
Por favor é para os “cotas” que tem a mania, por favor….
Por favor não se diz, porque quem está lá é para trabalhar, por favor não se sente, porque cada vez mais se criam monstrinhos em vez de indivíduos com carácter, porque o importante é ser doutor e engenheiro ao invés de ser uma pessoa integra.
A sociedade cada vez menos se importa com esta ausência de palavra, porque cada vez mais se cultiva o egoísmo e a falta de respeito… importante é atingir objectivos, e por favor é uma perda de tempo, que não faz ganhar dinheiro, nem serve para nada porque as coisas são feitas à mesma.
A verdade é que eu acredito no POR FAVOR, e sei que na maior parte das vezes o lema é: Quando não lhe dão o sorriso que merece, dê o seu.. pois é posso ser parva, mas infelizmente prefiro continuar a dar o meu, mesmo que este não seja valorizado, mas faz-me sentir bem. Uso e abuso do POR favor, porque fui assim educada, e porque não quero pertencer a essa “bola de neve”, que diz: Ah se não me dizem a mim, também não o faço.. pois, não quero pertencer a essa estimativa, a essa percentagem ridícula, e felizmente sei, que não muitos, mas certamente ainda há pessoas que pensam o mesmo que eu.
Por isso por favor, exijam o Por Favor que lhes é negado, porque não pode ser visto como um favor, mas como parte integrante da educação que todos deviam possuir. Não é um favor que vos fazem… nós é que fazemos esse mesmo favor a alguém relembrando a palavra POR FAVOR, acreditem… pelo menos vamos educando de alguma forma as pessoas...

2 comentários:

  1. Por favor, cara Bubble Mind, faça-me sorrir sempre que quiser, que continuarei a lê-la.

    ResponderEliminar